acid baby

Sobre se livrar de preocupações bobas, a odisséia do HTML e música boa.

 

Tive um pequeno avanço para estar orgulhosa essa semana. Meu namorado perguntou do meu blog quando o vislumbrou na guia do meu celular. Eu, gélida, gaguejei, inventei uma coisinha qualquer, fechei a guia na hora. O blog sempre foi algo que quis esconder do mundo, pelo simples fato de eu expor bastante de mim aqui. Eu o tenho como um diário; blogar foi algo sugerido pela minha terapeuta há cinco anos atrás, e desde então tenho tido blogs e blogs e blogs, mudando de endereço de acordo com as fases que vivo, mas sempre por aqui e sempre escondendo o fato de eu estar aqui. Da última vez que descobriram que eu escrevia, fechei o blog e criei outro, só pra despistar o indivíduo. Pois bem, quando me passou na mente a possibilidade de meu namorado entrar aqui, quase que tenho um ataque do coração a primeiro momento. Depois veio o auto-tapa na cara: pra quê o desespero? O que faço aqui é ser eu mesma. Nenhuma surpresa na vida dele. Nenhuma nova revelação. O mesmo vale para tantos amigos que já quiseram me ler e eu neguei de todas as maneiras. Porque ao invés de gastar tanta energia tentando esconder isso, não simplesmente assumir "olha, eu escrevo"? Mais prático, rápido e poupa neuroses. O ser humano pode ser bem bobo às vezes né?
 Chego a conclusão que só queria me esconder de alguma forma, mas esconder o quê de pessoas que já me conhecem tão bem? Nem Freud explica minhas linhas de raciocínio. Mais um conflito interno quase resolvido. E dessa vez eu nem precisei da psicóloga. Sigamos evoluindo.

 Devem perceber que o blog trocou de roupa. Bom, foi diante dessa mesma situação que tive outra reflexão: fazia muito tempo que aquele layout estava aqui. Não fiz questão de trocá-lo ao voltar pro Acid Baby porque o adoro de verdade, mas, bom, tive vontade de mudar e decidi começar um reiniciamento no mundo do HTML, o qual eu estive fora por um ano. É o tipo de coisa que você esquece se não pratica, então apanhei bastante, mas consegui fazer outro. Como vocês podem ver, manti algumas coisas, mudei outras, mas enfim, acho que deu certo. Foi bem rápido, até, acho que gastei uns quatro dias. Ele me agradou muito. ♥

p.s: perdão pela inabilidade de criar posts com títulos curtos e práticos

agora, uma playlist de músicas que ando ouvindo









3 comentários:

  1. seu layout está muito lindinho <3
    eu também tenho esse negócio de não mostrar meu blog, apesar de divulgar no meu facebook pessoal, eu finjo que pessoas próximas não leem huahauhua
    outro dia o rapaz que eu gosto veio falar que lê todos os meus posts do blog, eu quase tive um treco huahua é assim mesmo

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  2. Amazing post, Dear!
    I`m following your blog with a great pleasure!
    Please follow me back - Sunny Eri: beauty experience

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana, assim que eu comecei meu primeiro blog há uns cinco anos atrás eu também tinha o intuito de mantê-lo escondido das pessoas ao meu redor, mas depois que comecei a mostrá-lo eu ficava mais satisfeita. Comecei a perceber que o blog pode ser um jeito de eu ganhar um dinheiro e satisfação com uma coisa que eu gosto muito que é a arte.
    E Pink Floyd é amor <3
    Beijos :*

    ResponderExcluir

♥ sinta-se à vontade, meu amor, mi casa es su casa. só lembre-se: respeito acima de tudo. ♥